Login
Paróquia Araputangua
Notícias e Eventos

Fé e Penitência: Centenas de peregrinos saíram de Araputanga na madrugada de hoje (03/08), a pé, com destino a Jauru

Escrito por  gerente  |  Quinta, 03 Agosto 2017 20:32 - Última modificação em Sexta, 04 Agosto 2017 12:22

Centenas de peregrinos saíram as 4 horas da manhã de hoje (03/08), a pé, do Santuário Nossa senhora do Rosário de Fátima, Araputanga, com destino a Jauru.

A peregrinação acontece todos os anos e, cada vez mais, aumenta o número de fiéis participantes.

Segundo uma das organizadoras, este ano, são 224 fiéis, de 15 cidades diferentes, entre elas: Araputanga, Rondonópolis, Cáceres, Cuiabá, Reserva do Cabaçal, Figueirópolis, e até de outros estados como: Acre e São Paulo. Além dos peregrinos, 22 pessoas de Araputanga fazem parte do grupo de apoio aos peregrinos.

Entre os peregrinos estão os padres: Marcelo do Porto Esperidião, Hilário de Curvelandia e padre Agnaldo de Jauru.

 

A chegada no Santuário de Jauru, está prevista para domingo dia 06 de manhã, onde será celebrada a Santa Missa de acolhida pelo bispo diocesano Dom Jacy Diniz Rocha.

HISTÓRIA DA PEREGRINAÇÃO

Irmã Maria do Rosário residia em São Paulo dos Pinhais, Curitiba-PR.

No ano de 2001, irmã Maria estava em Araputanga realizando o primeiro Cerco de Jericó, quando aconteceu a fatalidade com o padre Nazareno, Monsenhor Celso Duca pediu a ela que orasse pelo padre Nazareno durante o tempo que ele se encontrava hospitalizado, irmã Maria, ficou em oração com a comunidade. Mesmo assim, padre Nazareno veio a falecer.

Em seu velório, irmã Maria, sentiu que a missão do padre Nazareno, deveria continuar. Mas não tinha noção de como seria essa missão.

Até que certo dia, por ocasião da doença de uma amiga, irmã Maria, fez uma promessa pedindo a intercessão para o padre Nazareno, para a cura de sua amiga, assim, se esta fosse curada, a irmã faria um percurso do Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima em Araputanga-MT, ao Santuário Nossa Senhora do Pilar em Jauru-MT, um percurso de 70 km aproximadamente.

Assim iniciou a primeira peregrinação em 06 de agosto no ano de 2009, com 6 peregrinos. Não foi fácil, houve bastante dificuldade e após a peregrinação, irmã Maria fez um relatório ao Monsenhor Celso Duca, este ficou bastante impressionado com tamanha a fé. No ano seguinte a irmã sentiu a necessidade de caminhar novamente.

No entanto, nem imaginava a missionária Maria, que tudo isso tomasse um retiro espiritual itinerante...

Irmã Maria, também realizou muitos trabalhos, entres os quais estão: realização do Primeiro Cerco de Jericó em Araputanga, a oração do Santíssimo, todo mês, sendo três dias por mês na paróquia de Araputanga; capela de Nossa Senhora das Graças, em Figueirópolis; o Cruzeiro na fazenda Agua Rica, em Indiavaí; a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, em Indiavai; Capela de Nossa Senhora da Natividade, Jauru, e a casa de apoio ao peregrino, comunidade de Aguas Claras, Indiavaí-MT.

Irmã Maria também fez muitos trabalhos de evangelização com o grupo de peregrinos e de várias famílias. Fez doações ás famílias carentes com cestas básicas. Obteve grande ajuda de seu diretor espiritual, Padre João de Curitiba.

 

Hoje não podemos contar com a presença física de irmã Maria, que faleceu no ano passado, mas com sua humildade ela nos mostrou que era uma pessoa de fé inabalável. A comunidade e todos que a conheceram são gratos por tudo que ela realizou; um exemplo de fé, amor, caridade e zelo com nossa amada Igreja.